3.10.06

'MEME'

Lendo os blogs gringos, reparei que eles sempre fazem, em algum momento, um exercício chamado 'Meme', uma espécie de questionário comum com questões 'clássicas', seja sobre literatura, seja sobre cinema (escolhi a segunda opção, num futuro posso fazer a 'enquete' sobre a primeira hipótese). Como ando meio preso em casa ultimamente, sem muito tempo prá 'pesquisas de campo' (filmes novos e/ou interessantes), vou responder o mesmo, mais para manter o blog 'andando'. Vamos lá...

UM FILME QUE MUDOU A MINHA VIDA: Tem vários. Três em especial: ‘Caçadores da Arca Perdida’, que me deixou abobalhado e fez eu perceber que eu acabaria tendo mais interesse em cinema que a maioria dos meus amigos; ‘A Via Láctea’, que em fez perceber que o cinema não era só contar uma história; e ‘Santa Sangre’, numa época que eu achei que não tinha mais nada prá aprender com cinema. Podia falar também de ‘Três Homens em Conflito’ (vi quando odiava westerns, com esse aprendi a gostar), de ‘Phenomena’ (que me fez descobrir o horror europeu), de 'Chinese Ghost Story' e 'Kwaidan' (que me fizeram descobrir o cinema fantástico japonês)...

UM FILME QUE EU VI MAIS DE UMA VEZ: Vários. Como diz meu amigo Edu Aguilar, o que vale a pena não é ver, é rever. Tem filmes que eu faço questão de ver uma vez de seis em seis meses, tipo ‘O Poderoso Chefão’ (a triologia), ‘Três Homens em Conflito’, ‘Era uma vez no Oeste’, ‘As Três Faces do Medo’... quando eu penso que o cinema não tem jeito, revê-los me dá uma nova fé nessa arte.

UM FILME QUE EU LEVARIA PARA UMA ILHA DESERTA: Tommy. Filme e música fascinantes. Não ia me cansar tão cedo. Mas será que eu teria DVD numa ilha deserta? Sei não...

UM FILME QUE ME FEZ RIR: Banzé no Oeste. Arsenic and Old Lace. Quase tudo dos Irmãos Marx e de Buster Keaton. Apertem os cintos, o piloto sumiu. Quanto mais quente melhor. Paro por aqui...

UM FILME QUE ME FEZ CHORAR: Spartacus. Vi no cinema com dez anos.

UM FILME QUE EU QUERIA QUE NÃO TIVESSE SIDO FEITO: Forrest Gump. A glorificação do idiota sendo premiada e tratada com grande arte. A prova que qualquer idiotice pode ser tratada como grande cinema.

UM FILME QUE EU TENHO PARA VER: Vários. Desde que foi possível baixar filmes pela internet eu tenho sempre uma respeitável pilha de CDs olhando pra mim, me dizendo ‘vem me ver, não se esqueça de mim...’. Tenho também os DVDs da ‘Legacy Collection’ da Universal, cada um com uns dez filmes, esperando o feriado certo pra mim fazer uma longa sessão. Já fiz com Dracula e Frankenstein, agora o Lobisomem, a Múmia e o Homem Invisível me esperam.

UM FILME QUE EU VI HÁ POUCO TEMPO: Judex, o francês de 1917. No cinema, o último que eu vi foi 'United 93', de Paul Greengrass. Ótimo.

UM FILME QUE EU QUERIA TER FEITO: É difícil, pois não sou cineasta, e sim escrevo sobre cinema... ‘Kwaidan’? 'O Poderoso Chefão'? 'O Estranho Mundo de Zé do Caixão'? 'Bangue Bangue'?

PS: Como diria Spock, longa vida e prosperidade para a revista digital Zingu, do Mateus Trunk, da 'turma' do Carrard e do Aguilar em São Paulo. Sempre torço para que as revistas de cinema 'decolem', ainda mais quando, em seu primeiro número, entrevistam o venerável Conrado Sanchez, 'autor' de obras tão variadas como 'A Menina e o Estuprador' e 'Cinderela Baiana'. Para os interessados, o link está aqui:http://www.revistazingu.blogspot.com


Comments:
Oi Don THOMAZZO. Que ótimo exercício da memória Cinéfila, questoues muito interessantes para serem respondidas. Que filme eu gostaria de ter feito? Acho que Um Tiro na Noite do De Palma, entre alguns outros. Vc citou o Banzé no Oeste. Eu reví esses dias na TV e ainda é muito engraçado. Valeu pela força com a Zingu, o menino Matheus vai ficar muito contente. Até mais Thomaz.
 
Gde Thomaz!!! Adorei o tal "Meme", é provável q. eu vá na cola e faça o meu logo, logo!! De cara, um filme q. realmente mudou meu olhar sobre a vida foi "Nas Montanhas da Lua" de Bob Rafelson, mas esse é no sentido além do cinema, se focar no cinema, eu diria q. "Bugsy Malone" leva o troféu, finalmente me dei conta do poder q. os filmes tinham além de contar uma história, me lixei sobre se o filme tinha ou não tinha alguma msg, o nível de diversão e fantasia me bastava, pelo menos foi o q. achei até descobrir "O Fantasma no Paraíso", aí percebi q. cinema era de fato uma arte com "A" maíusculo.
 
Arsenic and Old Lace? ótimo isso. tu viu onde, hein? ;-)

hueheheheheheh

tá, deixa pra lá. acho q vou copiar esse meme pro meu blog tbm. bjs
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?