13.8.06

PÂNICO NO TRANS-SIBERIANO

Há filmes que ficam com a gente, não interessa quanta coisa a gente veja... a produção espanhola 'Horror Express' funciona assim comigo.
Adoro o filme desde que o vi pela primeira vez, no início dos anos 80. Não, não foi no SBT, naquela sessão legendada que levou esse filme a ser exibido toda quarta-feira durante anos. Foi na TV uruguaia mesmo. O SBT só começou a pegar em Livramento no final dos anos 80... com o tempo, sempre que o revejo descubro qualidades que não era capaz de identificar naquela época.
Para quem não viu, trata-se de um senhor filme de horror. Arqueólogos ingleses (Peter Cushing e Christopher Lee) estão transportando um fóssil desde a China para a Europa, quando ladrões acabam despertando o tal fóssil, liberando uma energia maligna que começa a possuir os passageiros do trem, levando a uma explosiva confrontação...
Fiz só um apanhando do que acontece no filme pela singela razão que custaria muito e não daria conta do recado. Ao contrário do que ocorre normalmente no gênero, aonde os roteiros são simplistas e pouca coisa acontece, aqui chega a haver um congestionamento, com MUITA coisa ocorrendo, idéias novas sobre a criatura e seus poderes sendo acrescentados quase que de dez em dez minutos, culminando com a chegada de Telly Savallas e seus cossacos.
O elenco... começa bem, com Cushing e Lee ficando do mesmo lado, o que raramente ocorre. Savallas também dá conta do recado, com seu maníaco Capitão Kazan. O resto do elenco, majoritariamente espanhol, está bem acima da média do gênero(incluindo várias caras que quem vê os filmes de Paul Naschy e Amando de Ossorio dessa época conhecem bem), com destaque para o argentino Alberto de Mendoza (que filmaria 'Bossa Nova' e 'Lua de Outubro' no Brasil, no início dos anos noventa), vivendo um padre que 'muda de lado' e se alia à criatura.
O trabalho do diretor Eugenio (Gene) Martin não deve ser menosprezado. Ele conseguiu tirar leite de pedra do orçamento limitado que dispôs. Todos os cenários são sobras de seu filme anterior, 'Pancho Villa' (que saiu por aqui faz pouco tempo...). Fora isso, o elenco está uniformemente bem dirigido, e os climas sempre são bem criados, o que nem sempre ocorria em fitas de baixo orçamento dessa época. Segundo quem os conheceu, este filme preserva muito da personalidade de Christopher Lee e Peter Cushing fora da tela, ambos estão muito naturais e relaxados. Trata-se também do primeiro filme rodado depois que Cushing ficou viúvo, com Lee servindo de apaziguador dele com o resto da equipe.
Para melhorar tudo, achei o DVD deste filme no mercado, a módicos dez reais. O DVD usa como base o disco americano, preservando inclusive uma trilha em espanhol que não está descrita em nenhum lugar da embalagem. Ótima compra, ainda mais por este preço.

Comments:
Oi THOMAZ esse filme é matavilhoso mesmo, grande elenco e grande e criativa Direção. O DVD que vc comprou é o da WORKS/DARK SIDE ? Esse é o que eu tenho e que tem opção de áudio em espanhol. Me lembro muito dessas sessões do SBT com esse filme além de umas produções obscuras que não lembro o nome.
 
Carrard, é o próprio. Eu sou um feliz proprietário também da fita brasileira da videocast, com simpáticos 20 anos de idade, e do DVD importado, que tem a mais uma faixa de áudio só com música e efeitos. Me esqueci de elogiar a música de John Cacavas, que já ajuda a dar um clima tétrico à coisa. Será que deu prá notar que eu adoro esse filme... falando no mesmo, o Aguilar já disse o que acha de 'Horror Express'... morro de curiosidade prá saber...
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?