7.4.06

Os 80 anos de Corman

Há vários Roger Cormans para celebrarmos em seu 80º aniversário. Vamos relembrar:

O Produtor

Corman provou que era possível fazer filmes inteligentes com baixo orçamento. Quase todas as produções ligadas a Corman (principalmente nos tempos de AIP e New World Pictures) eram vivas e divertidas (compensavam alguns defeitos técnicos com tesão e vontade, como tem que ser), e eram feitos com orçamentos que mal pagavam o salário de um astro na concorrência. Várias práticas que depois se tornariam comuns (rodar dois ou três filmes seguidos com o mesmo elenco, nos mesmos cenários e locações) começaram a ser empregados por Corman. Outras práticas que já existiam foram transformadas em arte, como ‘reaproveitar’ cenas de filmes anteriores. O melhor exemplo disso é ‘Targets: Na mira da morte’, de Peter Bogdanovich, em que quase 20 minutos (dos 80 de projeção) são ´reutilizados’... em ‘Hollywood Boulevard’, de Joe Dante e Alan Arkush, há 30 minutos de cenas novas em 80 de projeção (o resto é ‘reaproveitado’ de produções anteriores da New World Pictures, que os dois diretores, que então trabalhavam no setor de trailers da produtora, conheciam bem). Suas produções de orçamento (próximo de) zero também eram suntuosas, comparando com produtoras conhecidas pelas mesmas práticas, como a Monogram e mesmo a RKO.


O Diretor

Corman foi um diretor sensacional. Seus filmes inspirados pela obra de Edgar Allan Poe são pioneiros no uso da psicologia das cores como elemento de horror. Estão também entre os primeiros filmes americanos coloridos de horror, produções suntuosas numa época em que o horror era um fenômeno de filmes de baixo orçamento nos EUA. No iníco dos anos 60, realiza o corajoso 'Intruder', sobre racismo, tocando em feridas pouco exploradas em sua época. No final dos anos 60, ele se alia à contracultura, em filmes como 'Os Anjos Selvagens' e 'Viagem ao Mundo da Alucinação'.


O descobridos de talentos

Poderia ficar nos óbvios... Nicholson, Scorcese, Coppola, Demme, Bogdanovich (na foto com Boris Karloff no set de 'Targets - Na Mira da Morte'), Monte Hellman, Robert Towne, Joe Dante, Alan Arkush, Jack Hill... ele também 'importou' profissionais tarimbados como o cubano Nestor Almendros e o sueco Vilmos Zsigmond (dois diretores de fotografia que seriam oscarizados, em trabalhos que conseguiram após serem revelados por Corman ao mercado americano), e soube reconhecer talentos (como James Cameron, que entrou em 'Galáxia do Terror' como carpinteiro e saiu como diretor de segunda unidade e desenhista de produção).


O importador

Corman foi responsável pelo lançamento internacional de filmes importantes, como 'Morangos Silvestres', de Igmar Bergman, e 'Dersu Uzala', de Akira Kurosawa, lançados nos EUA (e no resto do mundo, por consequência) fora do gueto dos 'filmes de arte' , expostos a espectadores que nunca ouviriam falar deles.

Por esse e tantos outros motivos (as centenas - literalmente - de filmes que só saíram do papel por terem cruzado o seu caminho, seu discreto e competente trabalho como ator nos filmes de seus pupilos, tipo 'O Poderoso Chefão 2' e 'O Silêncio dos Inocentes', sua sempre sábia colaboração com roteiristas tarimbados, como Richard Matheson e Robert Towne), os 80 anos de Roger Corman devem ser comemorados por todos entre nós que curtimos cinema.

Comments:
pow cara eu tava procurando legenda para o filme suspiria q baixei pelo google e vim parar no seu blog..e gostaria de saber se vc tem a legenda de suspiria ou poderia me passar..agredicido

e-mail: dreaming_mail@yahoo.com.br
valeu cara
 
Fala Thomaz!! Que belo texto!! Enxuto, mas ao mesmo tempo, estimulando o interesse de qm. não conhece Corman, e reavivando na memória dos demais, o quão importante é compensar falta de condições com criatividade.
 
OI THOMAZ que barato ese texto, adorei. Grande resgate desse Mestre Eterno.
 
Também gostei do texto! Um dos melhores posts até agora! Parabéns!
 
Convido o autor deste blogue a visitar:
http://blogblogblogcinema.blogspot.com/
Participe.
Bons Filmes e bons blogues.
lmarchao
 
Roger Corman é Pai! Outro dia estava vendo Trip, um precursor imediato de Easy Rider, só que com mais LSD mas com as mesmas lendas, Nicholson, Fonda, Hopper... A quantidade de pessoas fodásticas que ele apresentou ao mundo como Coppola e o próprio Nicholson é de fazer chorar... de alegria!
 
Da turma revelada por Roger Corman,vários diretores já estão com o Oscar na estante (Coppola, Demme, Cameron, Nicholson, Towne)outros tentando (Scorcese),outros nem aí (Dante, Arkush). Demme declarou que Corman é o verdadeiro Pai do cinema independente americano, já que sua influência em se fazer bons filmes com pouca grana ainda persiste ( outros possíveis pais do cinema indenpende americano são Samuel Fueller e Jonh Cassavetes)
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?